Marcenaria artesanal x marcenaria tradicional: aprenda todas as suas diferenças

Artesanato e DIYDicas e Truques

Written by:

Listamos pra você algumas características, curiosidades e as  ferramentas exigidas por cada uma delas

Nos dias de hoje, o trabalho com madeira está inserido na marcenaria tradicional e marcenaria artesanal.  Antigamente, o profissional especializado neste tipo de trabalho, seja na construção de móveis ou outras peças, era conhecido como carpinteiro.

Entretanto, com o passar dos anos e por conta das transformações deste mercado, surgiu o que chamamos de “marceneiro”. Você sabia que o mercado de marcenaria está passando por uma modificação em sua concepção?

Isso porque, a maneira como consumimos móveis mudou expressivamente nos últimos tempos, ainda mais com crescimento do mercado informal e a exigência cada vez maior por materiais de primeira linha.

Só quem trabalha neste mercado sabe de seus desafios, não é mesmo? Mas afinal? O que faz um marceneiro?

Trata-se de um artesão altamente qualificado que trabalha exclusivamente com madeira, na reparação e construção de obras de arte, móveis, peças decorativas, utilitárias e outras artefatos de madeira.

Este profissional tem como responsabilidade entender a necessidade de seu cliente a fim de saber o principal objetivo do seu projeto.

A partir disso, o marceneiro irá visualizar todo o contexto, desenhar e colocar em prática o seu trabalho. Faz parte de sua rotina cortar, lixar, reformar, fixar, fazer uma reparação, perfurar e dar forma à madeira de acordo com a concepção do esboço estruturado.

O marceneiro utiliza instrumentos e ferramentas manuais de corte, perfuração, aferição, medição, entalho, raspagem, ajuste e fixação, que devem ser cuidadosamente manuseadas para evitar acidentes.

dicas de marcenaria artesanal

É também responsabilidade do marceneiro  dar o acabamento necessário ao projeto final e verificar se o mesmo está de acordo com as perspectivas de seu cliente.

E, se necessário, realizar novas adaptações, sempre utilizando as ferramentas corretas e prezando pela qualidade e principalmente segurança.

Um bom marceneiro está apto a trabalhar em dois tipos de mercado: a marcenaria tradicional e a marcenaria artesanal. Você sabe a diferença entre elas e quais ferramentas utilizar em cada uma delas?

Confira à seguir suas principais características o que fazer para ingressar neste mercado de trabalho, que está cada vez mais competitivo e exigente.

 

1 – Marcenaria tradicional

Você sabia que com a madeira existem diversas possibilidades de criar organicamente  peças, utensílios, móveis e artefatos? A marcenaria tradicional se baseia na transformação da madeira em objetos grandiosos, de acordo com a necessidade de cada indivíduo.

O profissional que trabalha na marcenaria tradicional tem que ter em mente que trata-se de um trabalho que exige alta performance e um índice de qualidade superior, uma vez que é necessário conhecer e trabalhar com alguns tipos de madeiras nobres, como cedro, cerejeira, imbuia, mogno, marfim e ipê.

Normalmente, aqueles que trabalham com a marcenaria tradicional aceitam apenas grandes encomendas, porém, isto não é uma regra.

Afinal, são profissionais altamente eficientes e que realizam trabalhos que exigem criatividade e um toque artístico.

Tais aspectos também são exigidos para os profissionais que trabalham com a marcenaria artesanal, entretanto, o que as difere é a estrutura e a grandiosidade do trabalho proposto.

Veja também: Conheça as ferramentas elétricas mais versáteis!


2-
Marcenaria Artesanal

A marcenaria artesanal é realizada por artesãos e profissionais especializados, porém não exige um nível técnico tão avançado. Isso porque, a criatividade, os acabamentos e o visual contam muito mais do que a proporção e grandiosidade do resultado final.

Para este tipo de trabalho utiliza-se ferramentas mais baratas, manuais e de fácil manuseio. Aqueles que desejam ingressar neste mercado, é possível construir um estúdio de marcenaria em sua própria casa, não exigindo um alto investimento.

Não deixe de ver – Tecnologia em segurança no trabalho: Equipamentos indispensáveis para proteção.

ferramentas de marcenaria artesanal


Ferramentas necessárias

Independente do mercado que você está inserido, uma preocupação muito freqüente entre os marceneiros são as ferramentas de trabalho.

Primeiramente, é preciso se perguntar quais equipamentos são essenciais na hora de executar o seu projeto e qual o seu objetivo ao ingressar neste setor.

Ou seja, se você irá utilizar a marcenaria como hobby ou se estamos falando da sua principal fonte de renda.

Independente da sua escolha, veja à seguir as ferramentas mais utilizadas tanto na marcenaria tradicional quanto na artesanal. São equipamentos baratos, simples de organizar, guardar e que com certeza caberão em seu orçamento.

Se você está começando nesta empreitada, recomenda-se as seguintes ferramentas:

  • Furadeira
  • Serra Tico Tico
  • Parafusadeira
  • Trena
  • Martelo
  • Marreta de borracha (para ajustes)
  • Nível
  • Serrote pequeno (para pequenos cortes e ajustes)
  • Alicate
  • Chaves de fenda e philips
  • Brocas
  • Estilete
  • Serra circular manual  (para pequenos cortes)

Conforme o tempo for passando e você for entrando no ritmo e aperfeiçoando-se na arte de transformar madeiras, recomenda-se algumas ferramentas elétricas. Normalmente estes equipamentos são mais utilizadas no ramo tradicional, para grandes projetos.

Entre os principais equipamentos elétricos para a marcenaria, destaque para:– Serra Circular manual

  • Serra tico-tico Profissional
  • Serra tico-tico Hobby
  • Serra meia esquadria

Com uma clientela cada vez maior e mais exigente, o mercado de marcenaria artesanal, principalmente, têm crescido exponencialmente. Defina seu foco, compre as ferramentas necessárias, monte sua marcenaria e empreenda neste setor.

O que achou das nossas dicas? Deixe nos comentários e aproveite para conhecer a melhor loja de ferramentas online!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *