Serra de Bancada: Como Escolher a Melhor!

Dicas e Truques

Written by:

Existem várias ferramentas elétricas disponíveis atualmente, dos mais variados tamanhos, formatos e potências, e é interessante notar que muitos deles estão disponíveis em versões de bancada

Essa é uma ótima opção, já que traz mais estabilidade na hora de realizar o seu trabalho. Por isso, em algum momento da sua vida você já pode ter se perguntado qual a melhor furadeira de bancada, para poder trabalhar com mais segurança.

Outra ferramenta muito importante que está disponível neste modelo é a serra de bancada, também conhecida como serra circular de bancada, fundamental para marceneiros profissionais e também os amadores, que mexem com madeira apenas por hobby.

Como Funciona Uma Serra Circular de Bancada?

Antes de entrarmos no mérito de como fazer a sua escolha, vale a pena entender melhor como esse equipamento funciona, já que muitas pessoas jamais a utilizaram.

Basicamente, a serra de bancada funciona da mesma forma que uma serra circular de mão, com a diferença de que você não deve mexer a ferramenta, mas sim o material que será cortado.

Por exemplo, para poder cortar uma peça de madeira, ao invés de ter que conduzir a serra ao redor do material, a chapa de madeira será movimentada, ao passo que a serra fica fixa.

É mais ou menos como comparar uma furadeira convencional com uma de bancada: enquanto a primeira precisa ser movimentada, a segunda demanda a movimentação dos materiais que serão perfurados.

A serra de bancada circular pode ser usada para a fabricação de portas, móveis, estruturas de madeira e tudo mais que sua imaginação conceber – e que o equipamento conseguir fazer, é claro.

Também é possível cortar alguns outros tipos de materiais, como alumínio, por exemplo. Para isso, basta trocar a lâmina da ferramenta.

Seja qual for a sua necessidade, é muito importante entender quais são os critérios que devem ser considerados na hora de comprar uma dessas serras. Assim, você fará o melhor negócio possível, tanto para o bolso quanto ao que tange à sua funcionalidade. Confira a seguir todas os pontos que você tem que levar em consideração antes de comprar a sua serra de bancada!
.

Potência

Sempre que se fala sobre as ferramentas elétricas mais versáteis, um dos primeiros detalhes que vêm à mente (se não for o primeiro) é a potência. Afinal de contas, é isso o que ditará o que a ferramenta pode ou não fazer.

Por isso, para escolher uma serra de bancada, a potência é um fator muito importante, que depende do que você pretende fazer com ela.

Se o seu interesse for cortar madeiras com até 2 cm de espessura, então um equipamento entre 1500W e 2000W pode dar conta do recado com sobras, já que tem até mais força do que o que seria necessário.

Porém, se o intuito for trabalhar com madeiras de 3 cm de espessura, nem pense em escolher uma serra com menos de 2000W! A potência deve partir desse valor e pode ser ainda mais alta, se quiser ter mais facilidade no corte.

É claro que as ferramentas mais potentes possuem um custo um pouco mais alto, mas é muito melhor garantir a serra perfeita para você já de primeira do que comprar uma, não conseguir trabalhar direito e depois ter que adquirir outra.

 

Segurança 

Todas as ferramentas de bancada devem ser utilizadas com muito cuidado, já que o fato de elas ficarem fixas mesmo depois de ligadas faz com que você tenha que prestar bastante atenção.

Portanto, saber qual a melhor serra circular de bancada não depende só de quão potente ela é, mas de todo um conjunto de características, entre as quais a segurança se destaca.

Alguns dos recursos de segurança mais importantes são o “sensor de carne” e o coletor de poeira.

A primeira delas é uma funcionalidade que, como o próprio nome já evidencia, faz com que a serra de bancada identifique a presença de algum material com consistência similar à da carne e, então, interrompa seu funcionamento.

Isso é ótimo para aumentar a segurança contra acidentes, já que o fato de encostar levemente na serra com o dedo ou alguma outra parte do corpo já pode resultar em um acidente sério.

Outro item de segurança é o coletor de poeira. Embora possa não parecer em um primeiro momento, ele é usado para que a maior parte da poeira decorrente dos cortes fique na própria ferramenta e, consequentemente, não vá parar nos seus pulmões.

Tamanho

Além da potência, também é importante se atentar ao tamanho da serra de bancada. Esse é um ponto em que muitas pessoas se equivocam, já que não é apenas no tamanho da serra que você deve se basear.

Por se tratar de um equipamento de bancada, você deve se movimentar ao redor dele para que consiga realizar seu trabalho. Então, além do tamanho da serra, também é importante calcular o espaço para a sua locomoção.

Uma boa medida é de 2 metros ao redor da serra, já que ela ficará no meio. Então, se a bancada tiver 1 metro, já com a serra, é preciso um espaço de, pelo menos, 5 m x 5 m (com 2 m para cada lado).

Ter um espaço menor do que esse coloca em risco a sua segurança e a das pessoas que também estarão na oficina ou marcenaria, então nem pense em economizar no espaço.

Se você não dispor do espaço adequado, então pode ser uma opção melhor adquirir uma serra circular comum.

Tensão

A tensão, mais comumente referida como voltagem, geralmente é de 220V, principalmente quando você precisa de mais potência para que a ferramenta funcione. Ainda assim, é possível encontrar alguns modelos que funcionam com 110V.

Se você não precisar de nada muito pesado, uma serra de bancada de 110V pode ser suficiente, mas a maioria dos equipamentos funciona no 220V mesmo. 

Protetor de Lâmina

O protetor de lâmina não deixa de ser um item de segurança, já que evita contatos com a lâmina, mas ele também é um item funcional que pode fazer toda a diferença na sua produtividade.

Existem várias lâminas para serra de bancada, e pode ser necessário trocá-las de acordo com o tipo de material a ser cortado. Se o protetor de lâmina for muito difícil de ser retirado do equipamento, essa tarefa pode demorar mais do que o necessário.

Por isso, além de escolher uma serra de bancada cujo protetor de lâmina realmente possa te proteger, ele precisa ser retirado e colocado novamente com facilidade, para que o processo seja o mais simples possível.

Escolha a Melhor Serra Circular de Bancada Para o Que Você Precisa!

Depois de todas essas dicas, nós temos certeza que será muito mais fácil escolher a serra ideal para seu trabalho ou hobby. Assim, tudo correrá da melhor forma possível.

Agora, treinar melhor como usar uma serra circular de bancada, que é muito mais fácil do que você pode imaginar, e ser capaz de construir uma série de móveis e demais objetos em madeira e outros materiais!

Não se esqueça de comprar a sua serra de bancada em uma boa loja de ferramentas, que seja confiável e venda apenas itens da mais alta qualidade. Assim, ela tende a durar muitos e muitos anos!

2 Replies to “Serra de Bancada: Como Escolher a Melhor!”

  1. Cesar disse:

    São importantes publicações como esta ajudam a tirar dúvidas e,forecem informações que por vezes são desconhecidas. PARABÉNS e obrigado.
    Seria ótimo outras de outras máquinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *